CONTADOR DE VISITAS

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Primo Basílio (Eça de Queirós) e Amor I love you (os tribalistas)

"E Luísa tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saia delas, como um corpo ressequido que se estira num banho tépido; sentia um acréscimo de estima por si mesma, e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante, onde cada hora tinha o seu encanto diferente, cada passo conduzia a um êxtase, e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações! "
Capítulo VI.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Leituras 2015

1. Aventuras de Hans Staden - Monteiro Lobato
2. A bolsa amarela - Lygia Bojunga
3. Literatura Infantil Brasileira - um guia para professores e promotores de leitura - Vera Maria Tieztmann Silva
4. Literatura infantil - gostosuras e bobices - Fanny Abramovich
5. Como usar a literatura infantil em sala de aula - Maria Alice Faria
6. Reinações de Narizinho - Monteiro Lobato
7. Como e por que ler os clássicos universais desde cedo - Ana Maria Machado
8. O silêncio dos inocentes - Thomas Harris
9. O pai invisível - Kledir Ramil
10. Chapeuzinho Redondo - Geoffroy de Pennart
11. O aluno incluído na educação básica - avaliação e permanência - Marcos Cezar de Freitas
12. Como ser uma parisiense em qualquer lugar do mundo - Caroline de Maigret e Anne Berest

sexta-feira, 24 de julho de 2015

O anticristo Nietzsche - PARTE 2

Nietzsche diz que aqueles que possuem sangue teológico em suas veias são desonrados e cínicos e ficam com uma visão fechada onde nenhum um outro conceito é aceito.
Em relação a Kant, N. Diz que "uma virtude nascida simplesmente do respeito ao conceito de virtude, é perniciosa."
N. Diz que o homem deve construir seu próprio Imperativo Categórico e além disso ele justifica que nada destrói um homem mais rapidamente que trabalhar, pensar e sentir sem uma necessidade interna.
Palavras de N. " kant tornou-se um idiota".

Curiosidades sobre o livro o Anticristo - ensaio de uma crítica do Cristianismo - Nietzsche - PARTE 1

Uma das frases mais conhecida de Nietzsche "somente os dias vindouros me pertencem. Alguns homens nascem póstumos." está no prefácio deste livro.
Outra que frase interessante que define a felicidade..." A fórmula de nossa felicidade: um sim, um não, uma linha reta, uma meta..."
Mas o tema principal é justificativa de que o cristianismo é prejudicial ao homem, pois o mesmo levado pela compaixão se enfraquece ao sofrer com o outro, fazendo assim a seleção natural ser contrariada.
Cita o pensamento de Aristóteles referindo-se a compaixão como estado mental mórbido.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Filme e vampiro #1

Um dos primeiros filmes que teve maior importância no cenário cinematográfico foi Nosferatu (1922), produzido na Alemanha.
Teve base em Bram Stoker.
O Vampiro era alto, magro, com dentes semelhantes aos de um rato e não era atraente.

Goethe e a vampira

Um século antes de Drácula de Bram Stoker, Goethe escreve o primeiro poema sobre vampiro, neste caso, vampira.
A noiva de Corinto, introduz a sensualidade e a socialização deste ser que antes era cadavérico e vivia nas sombras.

Filósofos x vampiros

Voltaire e Jean-Jacques Rousseau consideravam esse tipo de crença incompatível com Iluminismo e tentaram eliminar do contexto histórico de "verdades".

A estaca e o vampiro

"a novela Carmilla (1872), de Sheridan Le Fanu foi a obra que introduziu o uso deste objeto contra os seres da noite" fonte: Alexandre Meireles da Silva
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...