CONTADOR DE VISITAS

sábado, 25 de agosto de 2012


"A caridade deve ser anônima, do contrário é vaidade".
Ditado Judáico.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Competência é nunca errar?

Competência: "desempenhar bem alguma tarefa".

Mas ser competente é somente desempenhar? E quando se desempenha 1000 vezes bem alguma tarefa e na 1001 erramos, deixamos de ser competente?

O mercado nos exige este atributo, mas também deseja um profissional ágil e de 1001 utilidades.

Ser ágil requer conhecer o trabalho que está sendo feito, mas mesmo assim, algumas vezes estamos tão acostumados a fazer algo que deixamos falhas...

É nesta hora que mostramos a competência!

Mas na hora do erro?

Sim.

Você sabe ou não sabe sobre aquilo que faz? Se conhece profundamente o seu setor, sabe como corrigir o erro, a diferença entre um profissional competente e outro não, é conhecer o que faz.

É saber que o ditado mais comum nestes casos é "nesta vida tudo tem jeito...".

Só não sabe dar um jeito, quem não conhece.

Todo mundo erra, principalmente, quem muito faz. Quem tem muitas responsabilidades, mais dia, menos dia...aparecerá algo para resolver.

Erro seu, erro do seu colega, erro do seu chefe...

Não há como não errar de vez enquando, até conheço pessoas que não erram, mas que fazem o trabalho de 10 minutos em 5 dias.

E sinceramente, este profissional, ninguém deseja...

Conheça o que faz, e será o profissional mais admirado.

domingo, 19 de agosto de 2012

OS LIVROS QUE EU NÃO RECOMENDARIA

Quando leio os títulos de dicas de livros, vou direto ao site ver a novidades do momento, mas algumas pessoas que indicam livros demonstram mais inclinação a publicidade do que a indicação de bons livros. 
É claro que devemos incentivar novos leitores e principalmente novos escritores, mas criticar os clássicos e chamá-los de "chatos" e de "difícil leitura" é uma forma equivocada de começar a indicar uma nova literatura.

Os Artilheiros - 1893-95
Óleo sobre tela
Tam: 79,1 x 98,9 cm

Henri-Julien-Félix Rousseau
Primeiro, os clássicos não são impossíveis de ler, a não ser que você seja tão preguiçoso que não possa pegar um dicionário para ver umas dez palavras (e aprender alguma coisa diferente), se não puder fazer isso, então desista, pois para qualquer estudo é necessário alguma dedicação, se não tens um pouco de persistência com um livro, imagina no seu trabalho, faculdade, etc. 
Os clássicos devem ser lidos, pois não estamos lendo apenas um romance, mas a história daquele momento, as atividades sociais daquelas pessoas, o contexto social, suas dúvidas, seus desejos, sonhos e também como o lado psicológico do autor afeta o desenvolvimento de sua obra, nisso podemos nos perguntar: Há alguma semelhança com os dias de hoje? Existiram evoluções até nossos dias?
Segundo, devemos tomar cuidado com o que estamos adquirindo hoje em dia, algumas obras são modismos e "febres" passageiras e que não acrescentam muita coisa, até porque são tão semelhantes, e com fórmulas tradicionais para serem apenas comerciais.
É por isso, que eu não concordo com o autor das dicas do link abaixo.
Mas, cada um tem sua opinião.
Logo, eu tenho a minha. 
E o autor deste link tem a dele.

sábado, 11 de agosto de 2012

E "OS CÃES LADRAM"

A irresponsabilidade com os animais adotados ou comprados está de forma desumana, para nós animais racionais que decidimos ter animais de estimação. Eu não tenho. Mas me vejo "obrigada" a dar atenção e alimento para os animais que as pessoas adotam quando pequenos e soltam para rua quando grandes e pior, se você pede que o dê para você ainda ficam de mal.
Primeiro, a obrigação que tenho é porque não podemos deixar de dar atenção ao um animalzinho que está pedindo, e da minha parte, eu gosto de animais, são carinhosos e afetuosos por tão pouco.
Fico decepcionada é com o pouco interesse e comprometimento com um ser. Bom, hoje em dia, as pessoas mal sabem cuidar de seus filhos, imagina do resto do mundo?!
Por favor, cuide de quem precisa de você.
Embora 99% das pessoas que lerem até o final este texto, provavelmente, tem consciência de seus deveres como cidadão, como pessoas, como ser humano e não tem atitudes sem escrúpulos.
P.S. Usei o título do livro "Os Cães ladram" de Truman Capote.
Livro que não li, por enquanto.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

O ROCK ANGLO-SAXÃO E NÓS OS LATINOS

O Rock surgiu nos Estados Unidos, e logo atravessou fronteiras que fizeram deste estilo musical um dos mais conhecidos universalmente. E é claro que mesmo após muitos anos terem passado e muitos países produzirem suas próprias bandas de rock, ainda o rock da américa do norte é um dos mais citados entre os fãs de qualquer nacionalidade.

Algumas pessoas são contra a idolátria do rock estadiunidense, na verdade, eu sou contra qualquer tipo de idolátria, mas não devemos ser hipócritas: o rock dos ianques é bom.

É bom por que lá foi sua origem, afinal, eu não gostaria que um norte-americano fosse melhor compositor de Bossa Nova do que os brasileiros. Isto seria crítico.

Gosto do rock inglês, alemão e o nosso próprio som. Mas devemos ser livres para dizer de qual gostamos mais, e não levar os gosto para o nacionalismo extremo.

domingo, 5 de agosto de 2012

Todos os livros do mundo

Eu tenho um problema, não posso ver livros que desejo imediatamente comprá-los. A livraria ou sebo para mim é algo incrível, mas ao mesmo tempo desesperadora, pois não posso levar todos os livros que me agradam e que eu acho que ficariam muito bem na minha estante e depois no meu criado-mudo. Acredito que esse meu sentimento com os livros seja parecido com o sentimento que algumas pessoas tem por sapato.
Nós sabemos que não vamos ler todos ao mesmo tempo (e nem usar todos sapatos), mas mesmo assim a vontade de levá-los para casa é tentadora.
Ainda bem que existem os sebos, pois senão a conta seria muito grande, os livros novos estão muito caros, mesmo já tendo ficado um pouco mais acessível. Na verdade, ainda é caro para quem não se contenta e levar apenas um.
Ontem mesmo fui na livraria aqui da minha cidade, o livro mais barato era R$19,90 e não era grande coisa, os mais interessantes eram a partir de R$39,90.
Não comprei nenhum.
Resolvi procurar nos sites de livros novos que tem entrega grátis e nos sebos virtuais.
Em qualquer um dos dois a diferença é absurda, mesmo nos livros novos.
Embora as versões mais antiga dos clássicos sejam bem melhores.
Comecei a perceber quando li "Esaú e Jacó" de Machado de Assis, comprei em um sebo uma versão antiga, ótima, mas não percebi que faltavam as últimas páginas. Foi aí que resolvi comprar uma versão nova e baratinha para poder terminá-lo e percebi que nesta não havia 1% das informações que a outra possuia. Por isto que essas versões, às vezes, são tão baratas, não tem rodapé e outras vantagens, algumas até resumidas. Concluindo, se aprende pouco.
Por isso recomendo: se encontrar em algum sebo, um livrinho amarelado com todas as páginas de algum dos clássicos, vale pagar por ele, são mais completos e irão agregar mais conhecimento.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...