CONTADOR DE VISITAS

segunda-feira, 9 de abril de 2012

FELICIDADE IDEAL

O que importa querer saber o que é felicidade se você não sente o que é felicidade? Felicidade não é uma fórmula que através de um livrinho de auto-ajuda lhe trará resposta para você ser mais feliz. Quanto mais você lê estes livros de auto-ajuda mais você fica sabendo o quanto não é feliz e o quanto você não saber ser feliz, não sabe se fazer feliz. Para sentir felicidade é necessário que você saiba que está feliz. Ninguém poderá dizer a você se está ou não está feliz. Porque geralmente as pessoas julgam sua felicidade se mostras os dentes ou não, e isto não significa felicidade.Estado de espírito? Mas o que é isto? Pode ser qualquer coisa, pois isto não explica nada sobre o que você é, e o que você sente. Ser feliz é olhar sua cara no espelho após um incessante vale de lágrimas e dizer: -eu sou feliz apenas estou chorando porque é o momento de chorar, e isto não faz de mim um infeliz. Há a necessidade de parar de procurar pontos, metas para ser feliz, por exemplo, quando eu passar naquele concurso...quando eu ganhar uma fortuna...quando eu ficar famoso....quando eu conquistar aquela pessoa...Isto tudo é motivo para ser infeliz agora e provavelmente para sempre, porque na nossa vida muito do que idealizamos não acontece e é por isso que chamamos de ideal, pois o ideal é aquilo que poderia ser de tal maneira e que seria teoricamente melhor, mas não passa de teoria.Pense: será que o que eu idealizo é realmente o melhor? Será que o que eu idealizo é o que me fará feliz para todo sempre? Se não for para ser feliz sempre, então vale a pena esperar tanto para ser feliz? Será que não é interessante ser feliz agora?

sábado, 7 de abril de 2012

FILME "TUDO PODE ACONTECER EM ELIZABETH TOWN"


Roteiro básico: dificuldades, até que um encontro de um amor faz com que tudo termine em final feliz. Mas esse filme fala sobre um decepção na carreira mas não mostra uma reviravolta neste ponto, ele exibe como se pode ser desprezados pelos interesseiros e podemos ser acolhidos e compreendidos pelas pessoas que nos amam.
Ponto fraco: o final. Como muitos filmes da atualidade o fim fica subentendidos é claro que não iria explicar o que passou depois do reencontro, mas como momentos antes do "the end" estava tudo sendo encaminhado para algo e só acabou "em um beijo" foi decepcionante, sabe quando estás assistindo um filme e ele termina de repente e você fica com cara de "i e aí", bom, foi assim que eu fiquei.
Ponto forte: o amor (para quem é romântico como eu, este é o ponto forte da maioria dos filmes). O amor nesta película mostra um casal como a maioria dos casais, uma
uma aeromoçade uma companhia falida(entra no ponto das mulheres que não estão nas melhores empresas ou que não são bem sucedidas ou ainda podemos relacionar com aquelas que não fazem o que gostam), já o homem é o queridinho da família que teve seu apce de sucesso e se tornou o orgulho da família, mas teve um fracasso na carreira e não consegue dizer isto a todos (aqui podemos fazer uma análise de todos que aparentam ser mais do realmente são e permitem que pensem que são mais do que são).
Mas o casal terminase conhecendo, deixando as máscaras caírem e esquecendo de ralacionamento em que eram desprezados e se encontram de uma forma onde um aceita o outro como realmente são: com qualidade e defeitos.
Afinal o amor é isto: qualidades interessantes e defeitos que podemos suportar.
O filme: vale a pena ver, além disto tem um bom elenco (para quem gosta de gente conhecida)
*o Páris de "Tróia";
*Suzan Sarandon;
*Jessica Alba;
*Marie Jane do "Homem aranha".
Além de ter um "jogo" psicológico sobre a morte do pai onde ele descobre que pouco o conhecia (pois estava sempre ocupado com a carreira de sucesso) e todos que o conheciam o admiravam.
Então ele percebe que perdeu tempo em conhecê-lo por causa de um projeto que não deu certo.



quarta-feira, 4 de abril de 2012

O VERMELHO E O NEGRO - STENDHAL - COMENTÁRIO

Atualmente estou lendo o clássico de Stendhal - O VERMELHO E O NEGRO, mas até agora ainda não entendi o sentido do título, não pesquisei em lugar nenhum, pretendo eu mesma descobrir.

Julien é um rapaz pobre, inteligente, gosta de ler, estudar e é ambicioso, além de idolatrar a Napoleão. Estudou latim e quase ...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...